Ômega 3 para crianças | Benefícios para o desenvolvimento?

| | , ,

Ingerir os nutrientes necessários ao corpo é fundamental para o desenvolvimento da criança durante a gravidez. Já que as únicas fontes de nutrientes do bebê são a alimentação e as reservas

Para saber como as pesquisas interpretam a relação do ômega 3 com a formação e desenvolvimento infantil, e como isso pode evitar problemas futuros, continue lendo o post.

O que é ômega 3?

Ômega 3 é uma gordura poli-insaturada essencial, ou seja, não é produzido pelo nosso corpo. E precisa ser adquirido através da alimentação ou suplementação. Já foi comprovado em diversos estudos que esse nutriente realiza funções importantes ao nosso organismo.

Como a melhora da função cerebral, prevenção de doenças do coração e câncer, tratamento da obesidade, do diabetes tipo 2, da depressão e auxilio no bom desenvolvimento infantil.

Qualquer idade pode tomar ômega 3?

Sim, a suplementação de ômega 3 não há contraindicações, sendo recomendada durante todos os ciclos da vida, da gestação até a 3° idade. O consumo de ômega 3 na forma de suplementação é amplamente recomendada devido a deficiência dessa gordura na maioria da população.

Já que é cada vez mais difícil conseguir alimentos fontes de ômega 3 na sua forma pura, sem estar contaminadas ou nas quantidades benéficas ao organismo.

Essa relação de quantidade e alimentos fontes de ômega 3, se torna ainda mais relevante quando o público alvo são as crianças. Porque de modo geral, não apreciam e também não conseguem consumir em quantidade adequadas para o desenvolvimento, os alimentos ricos nesse tipo de gordura.

Entenda agora o processo de desenvolvimento e a influência da suplementação de ômega 3 a partir da gestação até a adolescência.

Ômega 3 na gestação

A maioria das mulheres grávidas, não consome quantidades suficientes de ômega 3 durante a gestação.E, no Brasil apesar da sua grande costa litorânea, consome-se em média, ainda menos do que em países como EUA. Recomendasse além do consumo através da alimentação, a suplementação para atingir as recomendações diárias.

Recomendasse para gestantes até 50 anos o consumo diário de 1,4g de ômega 3, enquanto para as mães que estão amamentando, recomenda-se 1,3g ao dia.

Essa fase, e a amamentação, são as estapas principais ao desenvolvimento cerebral e visual da criança. Cientistas descobriram que formulas nutricionais enriquecidas com DHA auxiliam o desenvolvimento mental, quando suplementado durante a gestação e amamentação.

Sabe-se também com o consumo de ômega 3 durante a gestação evita parto prematuro e baixo peso ao nascer.  

Ômega 3 na infância

Sabendo dos benefícios do ômega 3 relacionados ao sistema nervoso central e que a deficiência dessa gordura no organismo, nas crianças, podem causar comprometimento no desempenho cognitivo e comportamental. Os cientistas avaliaram diferentes idades e suas relações com cognição e comportamento.

Ômega 3 para crianças de 9-12 meses:

Ao suplementarem ômega 3, melhoraram aspectos cognitivos como a atenção ao realizar tarefas de brincadeiras ao ar livre. Além de atuar na pressão arterial de forma protetora. Outra pesquisa observou uma melhora na imunidade nessa faixa etária, diminuindo infecções comuns durante o período, principalmente sintomas de resfriados.

Ômega 3 para crianças até 4 anos:

A suplementação diária por 4 meses, resultou em uma melhor compreensão auditiva e na aquisição de vocabulário.

Ômega 3 para crianças de 7 a 1 2 anos:

Crianças diagnosticadas com déficit de atenção ou hiperatividade ao suplementarem EPA e DHA aumentaram o tempo de leitura e diminuíram escores de ansiedade.

Nenhum efeito adverso da suplementação de ômega 3 foi observada até então para a saúde de crianças, sendo segura e recomendada com doses entre: 0,5g/dia -1g/dia.

 Ômega 3 para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TDA)

Recentemente, um grupo de pesquisadores chineses publicaram uma revisão de mais de 30 artigos científicos sobre o tema, com um número total de mais de 100 crianças com TDA e encontraram vários efeitos positivos.

Como: melhora na hiperatividade, melhora de sinais de fadiga e reações estereotipadas como repetição continua de movimentos. Mas a análise estatística para detectar diferenças reais, de modo geral, não encontrou melhora no funcionamento e de resposta social apesar de melhorar os demais sintomas apresentados.

Ômega 3 e desenvolvimento infantil

Para gestantes, lactantes e crianças até a fase da adolescência, a suplementação de ômega 3 apresenta diversos benefícios como, desenvolvimento cognitivo e social, desenvolve aspectos emocionais como diminuir quadros de timidez e ansiedade, desenvolve o cérebro e amplia capacidades intelectuais.

As doses variam de acordo com a faixa etária, porém sem riscos à saúde com relação a dose diária consumida em forma de suplementação.

Quer saber mais?

Referências:

GONZÁLEZ, Francisca Echeverría; BÁEZ, Rodrigo Valenzuela. IN TIME: IMPORTÂNCIA DOS ÔMEGA 3 NA NUTRIÇÃO INFANTIL. Revista Paulista de Pediatria, v. 35, n. 1, p. 3-4, 2017.

NOGUEIRA-DE-ALMEIDA, Carlos Alberto; BERTOLUCCI, Paulo Henrique Ferreira. I Consensus of the Brazilian Association of Nutrology about recommendations of DHA during gestation, lactation and infancy.

CHENG, Yu-Shian et al. Supplementation of omega 3 fatty acids may improve hyperactivity, lethargy, and stereotypy in children with autism spectrum disorders: A meta-analysis of randomized controlled trials. Neuropsychiatric disease and treatment, v. 13, p. 2531, 2017.

 
Anterior

Colágeno é bom para estrias?| Entenda a relação

Já sabe o que fazer nas férias escolares? | GUIA 2019

Próximo

14 comentários em “Ômega 3 para crianças | Benefícios para o desenvolvimento?”

    • Olá Ana, tudo bem?

      Você pode retirar o óleo da cápsula com uma seringa e inserir em um alimento para que a ingestão fique de forma mais fácil 🙂

      Responder
    • Vilma, tudo bem por aí?

      O tratamento com o consumo do ômega 3 pode ser feito durante toda a vida! Na verdade, é até recomendado que não se pare de tomar o suplemente, exatamente porque o uso dele é um tratamento para o seu organismo, prevenindo inflamações, doenças crônicas e melhorando sua imunidade. Essa recomendação pode ser seguida tanto para crianças como para adultos. Importante: o ômega 3 é contraindicado para indivíduos com hemofilia ou que tenham qualquer outro problema relacionado a coagulação sanguínea, para gestantes sem acompanhamento médico ou de nutricionista e para alérgicos a peixe, pois é extraído do animal. Pessoas com prótese cardíaca também devem evitar o consumo do nutriente.

      Responder
    • Carla, tudo bem por aí?

      O tratamento com o consumo do ômega 3 pode ser feito durante toda a vida de qualquer pessoa! Na verdade, é até recomendado que não se pare de tomar o suplemente, exatamente porque o uso dele é um tratamento para o seu organismo, prevenindo inflamações, doenças crônicas e melhorando sua imunidade. Essa recomendação pode ser seguida tanto para crianças como para adultos. Para criança de 11 anos, o ideal é o consumo de 1 capsula do Ômega 3 da Vhita! Importante: o ômega 3 é contraindicado para indivíduos com hemofilia ou que tenham qualquer outro problema relacionado a coagulação sanguínea, para gestantes sem acompanhamento médico ou de nutricionista e para alérgicos a peixe, pois é extraído do animal. Pessoas com prótese cardíaca também devem evitar o consumo do nutriente.

      Dá uma olhadinha da página do ômega 3 da Vhita: https://www.vhita.com.br/products/omega-3-capsulas

      Responder
  1. Olá, gostaria de saber se posso dar para minha filha de 6 anos …
    A única coisa que ela tem é alergia a proteína do leite….

    Responder
    • Fernanda, tudo bem por aí?

      O tratamento com o consumo do ômega 3 pode ser feito durante toda a vida! Na verdade, é até recomendado que não se pare de tomar o suplemente, exatamente porque o uso dele é um tratamento para o seu organismo, prevenindo inflamações, doenças crônicas e melhorando sua imunidade. Essa recomendação pode ser seguida tanto para crianças como para adultos. Importante: o ômega 3 é contraindicado para indivíduos com hemofilia ou que tenham qualquer outro problema relacionado a coagulação sanguínea, para gestantes sem acompanhamento médico ou de nutricionista e para alérgicos a peixe, pois é extraído do animal. Pessoas com prótese cardíaca também devem evitar o consumo do nutriente.

      Responder
    • Mirian, tudo bem?

      Crianças podem sim tomar ômega 2 a partir de 6 meses de ideia. É um tratamento para o seu organismo, prevenindo inflamações, doenças crônicas e melhorando sua imunidade, por tempo indeterminado! Quanto ao consumo, recomendamos a dosagem de 1 cápsula do ômega 3 da Vhita. Você pode estourar a cápsula e colocar no suco, por exemplo. É uma forma mais fácil de fazer a criança ingerir o ômega 🙂

      Responder
  2. Olá, tenho uma filha de 13 anos e ela está com vc colesterol um pouco acima do limite. Gostaria que vcs me indicassem um omega 3 para ele tomar.

    Responder
    • Olá Janaína, tudo bem?

      Um ótimo Ômega 3 é o da Vhita! O Ômega 3 Vhita possui a maior quantidade de ômega 3 dentre os suplementos disponíveis no mercado, oferecendo 64% de concentração de ômega 3 distribuídos em 783mg de EPA e 494mg de DHA em apenas 2 cápsulas de 1000mg. O óleo de peixe do Ômega 3 Vhita é desenvolvido pela ProNova e com tecnologia alemã BASF. O produto traz a melhor matéria-prima pela extração do óleo dos tecidos de peixes de águas geladas, profundas e não contaminadas da Noruega.

      O Ômega 3 Vhita possui os melhores indicadores de pureza e concentração aprovados por laudos técnicos e certificação internacional de qualidade IFOS e de segurança (FSSC 22000).

      E lembrando que nenhum efeito adverso da suplementação de ômega 3 foi observada até então para a saúde de crianças, sendo segura e recomendada com doses entre: 0,5g/dia -1g/dia.

      O que acha de dar uma olhadinha Janaína? 🙂

      https://www.vhita.com.br/products/omega-3-capsulas?variant=32075184570506

      Responder
  3. Boa tarde
    Tenho dúvida minha filha de 5 anos tem TEA até momento não faz suplementação nem uso qualquer outro tipo de medicação.
    Contudo nos últimos exames ela está com triglicerídeos o dobro do normal.Além de mudar a dieta o uso do omega 3 pode ajudar na redução dos níveis?

    Responder
    • Oie Aline, tudo bem? Vou te explicar os principais benefícios do ômega 3!

      -Nutrientes que agem no sistema cardiovascular;
      – Contribui para o funcionamento adequado do sistema nervoso;
      – Prevenção de doenças cardiovasculares e cerebrais;
      – Ação anti-inflamatória e anticoagulante.
      – Estimula a produção do colesterol bom (HDL);
      – Reduz a produção de triglicérides e VLDL;
      – Trabalha na prevenção de alguns tipos de cânceres;
      – Proteção da retina.

      Então sim! Ele ajudará a reduzir os triglicerídeos. Mas, lembre se antes de iniciar qualquer tipo de tratamento, é necessário realizar uma consulta com um profissional de sua confiança =)

      Responder

Deixe um comentário