Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Qual a diferença entre colágeno hidrolisado e não hidrolisado?

Qual a diferença entre colágeno hidrolisado e não hidrolisado?

Mulher levando a mão no rosto com dúvida
6 minutos de leitura

Colágeno é o nome dado a uma família de proteínas do corpo humano, com mais de 20 tipos diferentes, distribuídos em diversos tecidos e exercendo diferentes funções.

Os suplementos de colágeno servem para oferecer o tipo certo da proteína para determinado benefício. Os suplementos podem ser feitos com a matéria prima do colágeno hidrolisado ou do colágeno não hidrolisado, ou seja, os dois nomes correspondem ao colágeno processado para a fabricação dos suplementos.

Separamos as principais diferenças entre colágeno hidrolisado e não hidrolisado para tirar suas dúvidas e facilitar a escolha do suplemento ideal para seu objetivo.

Diferença #1: Produção industrial

A primeira diferença entre o colágeno hidrolisado e não hidrolisado é o processo industrial aplicado na fabricação.

O colágeno hidrolisado como o próprio nome indica, é feito através de hidrólises, que nada mais são do que quebras usando água com altas temperaturas ou com enzimas para tomar o colágeno específico e de fácil absorção para o nosso corpo.

Já o colágeno não hidrolisado não sofre nenhum tipo de quebra, e por isso, ele também é chamado de colágeno não desnaturado. Porque a desnaturação é o processo pelo qual uma temperatura alta é usada sobre uma proteína para estica-la, facilitando sua quebra. 

Um exemplo prático disso, comum ao nosso dia a dia, é o uso de chapinha no cabelo. A alta temperatura da chapinha sobre o fio de cabelo, que é feito de proteína, alisa o fio e, o uso constante da chapinha facilita a quebra dos fios, deixando o cabelo quebradiço. 

Diferença #2: A estrutura física dos colágenos

O colágeno é uma proteína formada por uma sequência de pequenos pedacinhos chamados de aminoácidos que se ligam entre si formando os peptídeos. Essa sequência define o tipo de colágeno que o suplemento vai estimular a produção ou proteger o colágeno no corpo

O colágeno hidrolisado geralmente possui a estrutura de um colágeno tipo 1, já o colágeno não hidrolisado possui a estrutura de um colágeno do tipo 2. 

Diferença #3: A origem dos colágenos

Embora tanto o colágeno hidrolisado quanto o não hidrolisado sejam produtos de origem animal, eles possuem origens diferentes. 

O colágeno hidrolisado vem do couro de boi ou porco, enquanto o colágeno não hidrolisado vem do osso chamado esterno do frango. 

Diferença #4: A função do colágeno

Outra diferença importante entre o colágeno hidrolisado e o não hidrolisado é a função que ambos desempenham em nosso organismo.

O colágeno hidrolisado serve para oferecer bons ingredientes ao nosso corpo para que ele mesmo produza o próprio colágeno tipo 1. 

Já o colágeno não hidrolisado atua no nosso sistema de defesa, ajudando na proteção contra a destruição do colágeno tipo 2 presente nas cartilagens e articulações. 

Diferença #5: Dose

A dose indicada para o consumo também é diferente entre os colágenos hidrolisado e não hidrolisado. 

O colágeno hidrolisado tem a dose definida pela sua especificidade no corpo, podendo variar entre 2,5 g diárias, como é o caso do colágeno Verisol, indicado para  pele, cabelos e unhas até 15 g ao dia, como é o caso do colágeno Bodybalance, indicado para flacidez e aumento de massa magra. 

Já o colágeno não hidrolisado possui uma medida padrão de 40 mg diárias e todos são indicados para a proteção de cartilagens e articulações. 

Diferença #6: Nome das matérias primas dos suplementos

As matérias primas que são utilizadas na fabricação do suplemento podem variar de acordo com a função do produto e com a marca do suplemento, porém existem aquelas matérias primas que são mais conhecidas no mercado por causa da sua qualidade e comprovações científicas. 

Por exemplo, para o colágeno hidrolisado tipo 1 existe o Verisol, o Peptan e o Bodybalance, já para o colágeno não hidrolisado as mais conhecidas são o UC II e o B2Cool.

Diferença #7: Preço

O preço dos suplementos também são diferentes, e estão diretamente relacionados ao processo industrial aplicado na fabricação da matéria prima do produto. Quanto mais tecnologia é necessária na fabricação, mais caro é o produto.

Dessa forma, o colágeno hidrolisado pode ter um custo médio de 165 reais por mês, enquanto o colágeno não hidrolisado é um pouco mais caro, com um custo médio de 230 por mês. 

Conheça os suplementos de colágeno da Vhita!

Diferença entre o Colágeno hidrolisado e o Não hidrolisado – Resumo

Como você pôde perceber, o colágeno hidrolisado e o não hidrolisado são produtos completamente diferentes, a única característica que possuem em comum é o fato de pertencerem à família do colágeno, um grupo composto por mais de 20 proteínas.

Para que serve colágeno hidrolisado?

O colágeno hidrolisado é feito através de quebras realizadas por altas temperaturas e enzimas e, oferece ao corpo a matéria-prima para a fabricação do nosso próprio colágeno tipo 1. 

A dose recomendada para o consumo varia de 2,5 g a 15 g diárias a depender da especificidade do produto e possui custo mensal de 165 reais.

Para que serve colágeno não hidrolisado?

Já o colágeno não hidrolisado não sofre nenhum tipo de quebra, ele é fabricado por um processo de compactação da proteína e atua no corpo através do sistema de defesa protegendo a destruição do colágeno tipo 2. 

A dose recomendada para o consumo diário é de 40 mg e o suplemento custa cerca de 230 reais por mês.

Quer saber mais?

3.6/5 - (8 voto(s))
Priscila Gontijo Correa

Nutricionista e Mestre em Ciências pela UNIFESP.

Experiência acadêmica em pesquisa científica. Atua como professora convidada em cursos de graduação e pós graduação na área da saúde.

Profissional com sólida formação em pesquisa e inovação. Atua na interseção entre o desenvolvimento de produtos com base em ciências e inovação para a saúde, e o marketing de conteúdo.

62 comentários em “Qual a diferença entre colágeno hidrolisado e não hidrolisado?”

    1. Ana, tudo bem?

      Opa, pode sim! Cada colágeno atuam de forma benéfica para tipos de tecidos diferentes portanto não competem entre si e nem oferecem sobrecarga ao figado, sendo assim, tá liberado tomar mais de um colágeno sem problema! Orientamos apenas que o consumo desses produtos seja feito antes ou depois das principais refeições podendo tomar todos de uma vez tranquilamente em horários alternados ou juntos. É importante testar para saber se dessa forma é mais confortável para você. ?

  1. Bom dia. Me chamo Emerson e tenho, 43 anos. Tenho uma vida ativa na atividade física, já fiz cirurgia de LCA nos dois joelhos. Eu posso fazer uso dos dois tipos de colágeno?

    1. Emerson, tudo bem?

      Pode sim.Orientamos que respeite os valores da porção sugerida na tabela nutricional e lembre-se de que qualquer suplementação deve ser orientada por algum médico e/ou nutricionista.?

  2. Tenho 83 anos pezo 109 kilos, tenho dificuldade para andar dores nos 2 joelhos, tomo de pes de galinha triturado e cozidos congelo e tomo uns 8 pedaços no café da manhã. Sentado e dormindo não sinto dores. Começou a doer há uns 40 anos, tomava Suprahyal(hialuronato de sódio) ha 2 anos tomei 2 vezes ( Tres em cada joelho ) não fes mais efeito. Continuo tomando diariamente café com os pedaços dos pés.

    1. Antonio, tudo bem?

      Muitas pessoas utilizam alguns alimentos de origem animal para repor o colágeno no corpo, mas o consumo desses alimentos como pé de galinha e gelatina, assim que entram no nosso organismo são processados como proteínas sem ação específica para a pele ou articulações, por tanto se você busca por benefícios específicos o consumo de alimentos ricos em colágeno podem não ser uma boa ideia, mas se a sua intenção é apenas aumentar a quantidade de proteínas da sua dieta, o consumo de pé de galinha pode ser uma boa ideia! Até escrevemos sobre isso no nosso blog, da uma olhadinha: https://blog.vhita.com.br/pe-de-galinha-tem-colageno/

  3. Mary Pires Gouvêa Guimarães Oliveira

    Olá, como vai?
    Estava aqui pesquisando sobre as diferenças entre os colágenos hidrolisados e não hidrolisado, qdo deparei-me nesta página.
    Não tomo colágeno regularmente, mas quero começar. Já faço reposição de outras vitaminas e de hormônios. Tenho 56 anos, a pele um pouco flácida… Prático atividade física e gostaria de saber qual indicaria para mim.
    Aguardo.
    Abraços.
    Mary Gouvêa

  4. Para minha filha de 40 anos que não consome carne e já manifesta indícios de artrose na articulação do dedo das mãos,o que é indicado?
    Penso que os dois tipos de colágenos?

    1. Sonia, tudo bem?

      O consumo do colágeno tipo 2 é o mais indicado para tratamento de dores e articulares. Os estudos científicos mostram que em média os resultados podem ser percebidos a partir de 12 semanas do consumo regular de 10 g diárias de colágeno. Porém, os resultados podem variar de acordo com cada pessoa e para fazer efeito o consumo de colágeno deve ser associado com o tratamento que o seu médico indicar, que pode variar desde uma fisioterapia e remédios até uma cirurgia. Porém ele é de origem bovina, suína e frango!

      Dá uma olhadinha na página do produto – https://www.vhita.com.br/products/collagen-move-colageno-tipo-2-e-tipo-1

    1. Josenilda, tudo bem?

      Sim!! O colágeno é uma proteína, por isso, não afeta a glicemia de forma significativa. Então, se você tem diabetes, fique atento à quantidade de carboidrato por porção e ao índice glicêmico dos alimentos que você consome. As proteínas, são ideais para equilibrar os nutrientes mais escassos em quem tem o diagnóstico de diabetes.

      Isso porque, como uma proteína, o colágeno é um grande aliado da saúde, já que:

      – Contribui com a melhora da saúde da pele;
      – Previne o aparecimento de celulite;
      – Fortalece as unhas e o cabelo;
      – Diminui o surgimento de estrias;
      – Aumenta a elasticidade da pele;
      – Previne o surgimento de rugas e linhas de expressão.

      E mais! Além de ajudar a saúde do diabético, o colágeno fortalece o corpo como um todo.

    1. Pamela, tudo bem?

      Segue opções:

      Body Vhita: específico para ganho de força e massa muscular. Valor a partir de R$145,00. Duração para 20 porções. Página do produto: https://www.vhita.com.br/products/body-colageno-hidrolisado

      Collagen Vhita: específico para pele, unhas, cabelos, flacidez e celulite. Valor a partir de R$170,00 (versão em pó) e R$200,00 (versão em comprimido), ambos com duração para 60 dias. Página do produto:https://www.vhita.com.br/products/collagen-colageno-verisol-comprimido-po?variant=31872889815178

      ??

  5. Oi meu nome é Davi Pereira, tenho 19 anos e estou com um algums tendões rompidos parcialmente, qual é o melhor suplemento para ajudar o corpo a acelerar a recuperação, e dar material para ele usar para recompor esses tendoes e a lesão cicatrizar mais rapido?
    (Note, eu estou falando em termos de suplementos para ajudar a recuperação da lesão em sí, e não suplementos para somente reduzir a inflamação)

    1. Davi, tudo bem?

      O consumo do colágeno tipo 2 é o mais indicado para tratamento de dores articulares. Os estudos científicos mostram que em média os resultados podem ser percebidos a partir de 12 semanas do consumo regular de 10 g diárias de colágeno. Porém, os resultados podem variar de acordo com cada pessoa e para fazer efeito o consumo de colágeno deve ser associado com o tratamento que o seu médico indicar, que pode variar desde uma fisioterapia e remédios até uma cirurgia!

      Dá uma olhadinha na página do produto – https://www.vhita.com.br/products/collagen-move-colageno-tipo-2-e-tipo-1

  6. ROMERO ANTÔNIO FREITAS AZIS

    Explicação clara e objetiva. Agora passei a conhecer a função do colágeno tipo II não hidrólise que meu ortopedista me receitou.

    1. Selma, tudo bem?

      Nesse caso o ideal é o colágeno tipo 2, pois o consumo é o mais indicado para tratamento de dores articulares e cartilagens. Os estudos científicos mostram que em média os resultados podem ser percebidos a partir de 12 semanas do consumo regular de 10 g diárias de colágeno. Porém, os resultados podem variar de acordo com cada pessoa e para fazer efeito o consumo de colágeno deve ser associado com o tratamento que o seu médico indicar, que pode variar desde uma fisioterapia e remédios até uma cirurgia! ?

      Dá uma olhadinha na página do produto – https://www.vhita.com.br/products/collagen-move-colageno-tipo-2-e-tipo-1

  7. Boa noite
    Estou com menisco e problema na patela do joelho, qual seria o colágeno correto, faz cinco meses me machuquei e fiz já vinte fisioterapia e nada.

    1. Leonardo, tudo bem?

      O colágeno não hidrolisado não sofre nenhum tipo de quebra, ele é fabricado por um processo de compactação da proteína e atua no corpo através do sistema de defesa protegendo a destruição do colágeno tipo 2.

      Também chamado de colágeno do tipo II, não-desnaturado é a principal proteína estrutural responsável pela tração e firmeza do tecido cartilaginoso, que tem a função de promover conforto, mobilidade e flexibilidade as articulações.

    2. Manuel Máximo Gomes Neto

      TUDO MUITO BEM ESCLARECIDO. AGRADEÇO MUITO PELAS INFORMAÇÕES SOBRE OS DOIS, PRINCIPALMENTE O t2, POIS, APESAR DA IDADE , PRATICO ESPORTE.

    3. Tenho Ostiopenia e muita dor na coluna pois tenho hernias e discopatia a fisioterapeuta me indicou colageno, qual deles devo tomar tipo 2 hidrolisado ou o não hidrolisado?

      1. Marli, tudo bem?

        Nosso colágeno tipo 2 chamado de ÁgilPlus Vhita é feito de Peptídeos Bioativos de colágeno tipo 1 e Colágeno não desnaturado tipo 2, oferecendo a maior absorção e específico para as regiões das cartilagens e articulações, fortalecendo essas regiões e auxiliando na dor. Em 4 semanas consumindo o Ágilplus regularmente você consegue perceber efeito no alívio da dor e a partir de 12 semanas a reconstituição das cartilagens e articulações.

        Dá uma olhadinha na página do produto – https://www.vhita.com.br/products/collagen-move-colageno-tipo-2-e-tipo-1

    4. Dra , Bom da, tenho 55 anos e sinto dores no ombro e tendões do braço do lado direito.
      Qual o melhor colageno indicado para dores reumaticas

      1. Bom dia. Eu tenho 19 anos e meu corpo está em uma FASE de perda de peso e de aumento. Mas eu busco a dieta faz muito tempo. Então eu perdi +20KG — Eu queria saber se com o Hidrolisado eu perderia aquelas “Flacidez / Pelancas” que ficam quando você perde quilo , entende? Porque eu não estou mais Gordo , mas ainda PARECE…

        1. Vitor, tudo bem?

          O consumo Collagen Vhita estimula a produção do colágeno tipo 1 e outros componentes relacionado a pele. Isso gera um aumento de 65% a produção de colágeno na pele, o que leva a um aumento da sua elasticidade. Portanto, se você procura um colágeno para ajudar na flacidez da sua pele, o Collagen Vhita é super indicado. Seguem orientações de uso:

          Dose – 3 gramas ao dia ( na sua versão em comprimido são 3 unidades e na sua verão em pó são 3 gramas que equivale a 2 medidores).
          Melhor horário – não existe um melhor horário, pode ser consumido em qualquer período do dia.
          Tempo mínimo de suplementação – a partir de 6 meses.

          Dá uma olhadinha na página do produto – https://www.vhita.com.br/products/collagen-face

        1. Sueli Maria Da Silva Lopes

          Dra. boa tarde já faz quase 3 anos que tomo UC2 para artrose já fiz cirurgia no joelho esquerdo prq um professor na academia colocou peso de mais e esfarelou o minisculo só ficou um pedacinho o médico tirou tudo o que estava esfarelado, então comecei tomar o UC2 manipulado graças a DEUS estou ótima ñ sinto dor faço academia alias formou cartilagem na minha coluna tomo todos os dias quase 3 anos tem que ser percistente é o de 40 mg. manipulado mando manipular com 60 cpslas

          1. Perdi mta massa magra e as dores nos joelhos ombros tem sido mto fortes e constantes. Qual o melhor o tipo de colageno para mim? Ganhei o hidrolisado, posso usar sem susto?

            1. Daniel, tudo bem?

              Não, todos os suplementos de colágeno são de origem animal. Isso não quer dizer que veganos e vegetarianos não podem se beneficiar de uma suplementação.

        Deixe um comentário

        O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

        9 − 5 =


        The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.