Pular para o conteúdo
Home » Todos os posts » Vale a pena tomar magnésio? Conheça os prós e contras

Vale a pena tomar magnésio? Conheça os prós e contras

mulher pensando se vale a pena tomar magnésio
7 minutos de leitura

A questão sobre se vale a pena tomar magnésio depende de vários fatores, como objetivo, idade, estilo de vida e necessidades individuais.

Por conta disso, apenas um médico ou nutricionista pode avaliar se é vantajoso suplementar o mineral em cada caso.

Mas, neste artigo, você vai entender alguns pontos importantes para saber se vale a pena ou não tomar magnésio na sua rotina.

Continue lendo até o final para conferir!

Conheça os benefícios do magnésio

Antes de mais nada, é importante entender quais são os benefícios do magnésio para a saúde e o porquê da suplementação ser interessante para algumas pessoas.

Portanto, veja a seguir algumas das suas propriedades:

1 – Ajuda a prevenir e tratar osteoporose

Assim como o cálcio, o magnésio também é um nutriente crucial para a prevenção e tratamento da osteoporose.

Isso se deve porque o mineral promove a fixação do cálcio nos ossos e dentes.

Consequentemente, quando os níveis de magnésio estão baixos no organismo, isso pode resultar na perda de densidade óssea e dentária.

2 – Contribui para a redução de dores musculares

O magnésio oferece ação relaxante aos músculos, o que o torna altamente eficaz para a diminuição das dores musculares.

Inclusive, por conta dessa característica, o nutriente desempenha um papel efetivo no tratamento da fibromialgia.

3 – Previne cãibras

O magnésio é um mineral extremamente importante para o processo de contração muscular.

Por essa razão, a sua deficiência pode favorecer as cãibras, que são caracterizadas por contrações involuntárias e repentinas.

Dessa forma, a ingestão adequada de magnésio é fundamental para prevenir espasmos musculares, e também melhorar o funcionamento dos músculos.

O que resulta em uma melhor recuperação pós-treino e no melhor desempenho físico.

4 – Alivia a enxaqueca

Uma das propriedades do magnésio é regular os receptores cerebrais chamados NMDA.

Quando esses receptores estão desequilibrados, pode ocorrer uma hiperatividade e hiperestimulação cerebral, levando à enxaqueca.

Além disso, o magnésio facilita a liberação de óxido nítrico, uma substância que estimula a vasodilatação e alivia as dores associadas à enxaqueca.

5 – Aliado na hipertensão arterial

O magnésio exerce um papel efetivo na prevenção e tratamento da hipertensão arterial, pois ele melhora a vasodilatação, a partir do estímulo da liberação de óxido nítrico.

6 – Melhora o sono

Por participar no processo de síntese de melatonina e na regulação do ciclo circadiano, o magnésio é um poderoso aliado para a melhora da qualidade do sono.

Além disso, o nutriente oferece propriedades relaxantes que auxiliam na redução do estresse e da ansiedade. O que, por sua vez, promove um sono mais profundo e revitalizador.

mulher despertando na cama pensando se vale a pena tomar magnésio

Então, vale a pena tomar magnésio?

Devido a sua variedade de benefícios, pode-se dizer que vale a pena tomar magnésio.

Mas, é importante ressaltar que a suplementação não é necessária para todas as pessoas.

No geral, o suplemento é indicado para os indivíduos que estão com níveis deficientes do mineral no organismo.

Ou até mesmo para aqueles que não conseguem fazer a ingestão adequada do nutriente por meio da alimentação.

Além disso, em alguns casos, a necessidade diária de magnésio pode ser aumentada.

O que dificulta a ingestão apenas com a alimentação, tornando o suplemento uma excelente opção para facilitar o consumo.

De todo modo, o ideal é consultar um médico ou nutricionista para utilizar o suplemento da forma correta, caso haja necessidade.

Quando não é vantajoso?

O suplemento de magnésio pode não ser vantajoso para as pessoas que já têm uma ingestão adequada do mineral por meio da alimentação, e não possuem níveis baixos do nutriente no organismo.

Neste caso, o indicado é buscar o auxílio de um nutricionista para verificar se o seu consumo está adequado.

Além disso, recomenda-se fazer um exame de sangue para dosar o mineral e certificar se os níveis estão ideais.

Como saber se estou com falta de magnésio?

A falta de magnésio no organismo costuma dar alguns sintomas, mas eles são quase imperceptíveis, pois esses mesmos sintomas podem indicar outras deficiências nutricionais.

Por isso, a melhor maneira de descobrir se está com falta do mineral é através do exame de sangue.

Quanto aos sintomas mais comuns da deficiência de magnésio, destacam-se:

  • cãibras ou dores musculares frequentes;
  • sensação de fraqueza e indisposição;
  • perda de apetite;
  • alterações no humor;
  • dores nas pernas;
  • tremores.

É bom tomar magnésio todos os dias?

Sim! O magnésio é um dos nutrientes mais abundantes no corpo humano, por isso, a sua ingestão deve ser diária.

Ele participa de mais de 300 reações bioquímicas em nosso organismo. Por isso, o consumo diário deve ser adequado para evitar deficiências e problemas futuros.

Pode tomar magnésio por conta própria?

Não há necessidade de receita para comprar o magnésio, mas, o ideal é fazer uso apenas com orientação médica ou nutricional.

Isso se deve porque a dose diária do mineral pode variar de pessoa para pessoa.

Por isso, é crucial consultar um profissional para evitar o consumo de doses exageradas ou insuficientes.

Como escolher o melhor magnésio?

Hoje em dia, há diversas opções de magnésio no mercado, mas é preciso estar atento a alguns detalhes para garantir um suplemento de qualidade.

Antes de tudo, o ideal é que o magnésio seja quelato, pois, assim, ele oferece um melhor aproveitamento do nutriente pelo organismo.

Além disso, é importante que o magnésio utilizado pelo fabricante seja orgânico. Dessa forma, é possível prevenir reações gastrointestinais, como diarreia, náuseas e dores abdominais.

Uma boa opção de magnésio com alta qualidade é o da Vhita. Ele possui todas essas características, e ainda contém vitamina B6 em sua composição, que melhora a absorção do mineral pelas células do corpo.

Ademais, o magnésio da Vhita é quelato duo, ou seja, ele é ligado tanto ao Bisglicinato como ao Dimalato. Essa combinação duplicada potencializa ainda mais a absorção do nutriente.

Tem contraindicação tomar magnésio?

Sim! O uso do suplemento de magnésio é contraindicado para pessoas com insuficiência renal e pacientes com problemas cardíacos ou hepáticos severos.

Além disso, grávidas, lactantes e crianças devem fazer uso apenas com orientação médica, caso haja necessidade.

Quer saber mais?

Referências

BARBAGALLO, M.; VERONESE, N.; DOMINGUEZ, L. J. Magnesium in Aging, Health and Diseases. Nutrients. v. 13, n. 463, p. 1-20, 2021.

FIORENTINI, D. et al. Magnesium: Biochemistry, Nutrition, Detection, and Social Impact of Diseases Linked to Its Deficiency. Nutrients. v. 13, n. 1136, p. 1-44, 2021.

LARA, J. N. et al. A INFLUÊNCIA DA BAIXA CONCENTRAÇÃO DE MAGNÉSIO EM DISTÚRBIOS NEUROLÓGICOS COMO A EPILEPSIA E ENXAQUECA. Revista Multidisciplinar De Educação E Meio Ambiente. v. 2, n. 2, p. 94, 2021.

SEVERO, J. S. et al. Aspectos Metabólicos e Nutricionais do Magnésio. Nutrición Clínica Y Dietética Hospitalaria. Madrid, Espanha, v. 35, n. 2, p. 67-74, abr. 2015.

Avalie este post

Nutricionista pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e pós graduada em Comportamento Alimentar pelo Instituto de Pesquisas, Ensino e Gestão em Saúde (IPGS).

Experiência acadêmica em pesquisa científica e produção de conteúdos com embasamento científico. Trabalha com marketing de conteúdo, com foco na divulgação de informação de qualidade baseada em ciência sobre alimentação e suplementação.

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + catorze =


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.