Pular para o conteúdo
Home » Pé de galinha tem colágeno? E gelatina?

Pé de galinha tem colágeno? E gelatina?

Pé de galinha tem colágeno
5 minutos de leitura

O consumo de colágeno é muito buscado por seus benefícios, principalmente na pele e articulações. Existem alguns alimentos popularmente conhecidos por serem fontes alimentares de colágeno, principalmente de origem animal.

Entenda abaixo se pé de galinha e gelatina são boas fontes de colágeno.

Pé de galinha tem colágeno? Mito ou verdade?

Pé de galinha tem sim colágeno, mas infelizmente não vai te trazer os benefícios para a pele e articulações que você espera. Os alimentos de origem animal são ricos em colágeno natural. Porém, esse colágeno não vai ser destinado para fins específicos pelo nosso corpo.

Quando consumimos o colágeno por meio dos alimentos, o processo de digestão quebra a proteína de colágeno. Essa quebra torna o que era antes uma proteína de colágeno, em proteínas menores e diferentes do colágeno original.

Esse processo de digestão do colágeno, acaba resultando em outras proteínas sem ação específica, que não vão trazer benefícios específicos. Por outro lado, se sua intenção é consumir o pé de galinha para aumentar a quantidade de proteínas da sua dieta, é uma boa ideia! 

Gelatina tem colágeno?

Assim como o pé de galinha, a gelatina também tem colágeno, no entanto, não vai trazer benefícios específicos para a pele, cartilagens e articulações.

Aqui fazemos um alerta: A gelatina é um alimento industrializado, ou seja, contém diversos aditivos químicos. Dessa forma, se você gosta de consumir gelatina, escolha bem qual produto vai consumir.

Prefira uma gelatina que não tenha adição de açúcar nem aditivos. Essas informações você consegue ver na tabela nutricional da gelatina e na lista de ingredientes.

Apesar da gelatina não ser específica para os benefícios do colágeno, ela pode ser uma boa fonte de proteína para lanches intermediários. Uma vez que uma porção de gelatina tem cerca de 10 gramas de proteínas.

Quantidades adequadas de proteínas, diariamente, ajudam na manutenção da massa muscular, proporcionando aquela aparência mais firme na pele.

Qual a melhor forma de consumir colágeno?

Agora que você já sabe que os alimentos, apesar de terem colágeno, não irão trazer benefícios específicos, você deve estar se perguntando: Como consumir colágeno para melhorar a saúde da pele e articulações? 

  • Colágeno para pele

Então, há pouco mais de 5 anos, foi desenvolvido uma tecnologia que conseguiu quebrar o colágeno na menor partícula de colágeno possível, sem perder a sua especificidade. Esse colágeno específico para a pele é o colágeno Verisol.

O Verisol contém 95% de peptídeos bioativos de colágeno hidrolisado tipo 1, e 5% de colágeno tipo 3.

Esses dois colágenos são os colágenos, tipo 1 e 3, encontrados naturalmente na nossa pele. Devido o suplemento ser um peptídeo, ela não sofre quebras no processo de digestão e vai conseguir agir diretamente nessa região e trazer todos os benefícios para a pele. 

  • Colágeno para as articulações

Agora se o objetivo é cuidar das articulações, o suplemento é outro, você deve procurar por um suplemento de proteína não desnaturada tipo 2.

Esse tipo de colágeno também vai ter ação específica, e sua melhor composição é a combinação de peptídeo bioativo de colágeno tipo 1 com proteína não desnaturada de colágeno tipo 2.

O colágeno tipo 2 em pó fornece, além dos benefícios para as articulações, uma boa fonte de proteína para complementar a alimentação. A versão em cápsula ainda traz as vantagens para as articulações, mas não aumenta a quantidade de proteínas da dieta.

Caso seu consumo de proteínas esteja adequado, você pode sim optar pela versão em cápsulas.

No entanto, não deixe de consumir pé de galinha e gelatina fazem parte do seu hábito alimentar. Afinal, são alimentos fontes de proteína e considerados saudáveis para a saúde (apenas saber escolher a gelatina).

Quer saber mais?

Referências:

VHITA. Colágeno | Tudo o que você precisa saber. São Paulo, 20 de junho de 2018.

VHITA. Qual o melhor tipo de Colágeno: diferenças e para que servem. São Paulo, 26 de novembro de 2020.

VHITA. Qual é o melhor colágeno hidrolisado para a pele, unhas e cabelos?. São Paulo, 5 de novembro de 2020.

VHITA. Colágeno para os músculos – O que você precisa saber. São Paulo, 16 de abril de 2019.

VHITA. Colágeno tipo 2 para prevenir artrose. São Paulo, 9 de agosto de 2019.

VHITA. Quais são os alimentos ricos em colágeno tipo 2? Descubra agora. São Paulo, 7 de janeiro de 2021.

Avalie este post
Priscila Gontijo Correa

Nutricionista e Mestre em Ciências pela UNIFESP.

Experiência acadêmica em pesquisa científica. Atua como professora convidada em cursos de graduação e pós graduação na área da saúde.

Profissional com sólida formação em pesquisa e inovação. Atua na interseção entre o desenvolvimento de produtos com base em ciências e inovação para a saúde, e o marketing de conteúdo.

38 comentários em “Pé de galinha tem colágeno? E gelatina?”

    1. Boa Tarde! Tudo bem?

      Eliete, como o consumo do colágeno trata-se de prevenção e cuidado, não existe um tempo determinado para o consumo, pode ser feito pro resto da vida e não trás nenhum risco a saúde.

      Caso precise de mais de um tipo de colágeno, é importante saber que cada colágeno atuam de forma benéfica para tipos de tecidos diferentes portanto não competem entre si e nem oferecem sobrecarga ao figado, sendo assim, tá liberado tomar mais de um colágeno sem problema! Orientamos apenas que o consumo desses produtos seja feito antes ou depois das principais refeições podendo tomar todos de uma vez tranquilamente em horários alternados ou juntos. É importante testar para saber se dessa forma é mais confortável para você!

      Espero ter ajudado! ?

  1. Cuidado pessoal, essa doutora está jogando ao chão um conhecimento milenar praticado pelos orientais, que é o consumo de pés de galinha para fortalecimento geral da pele e do corpo. Os orientais(Japão e China) possuem a maior espectativa de vida, e ambos usam colágeno natural extraído da pata de animais como a galinha. A geleia de pé de galinha traz resultados espetaculares para a pele. Se te mostrarem estudos que dizem o contrário, fique sabendo que os japoneses consumem muito pé de galinha, e sua expectativa de vida é de 84 anos! Essa doutora está usando ferramentas de marketing para posicionar sua página e vender seus produtos farmacêuticos. Perceba que as outras páginas do Google todas elogiam os benefícios dos pés de galinha para a pele. Porque você acha que essa é praticamente a única que fala que não funciona? Façam-me o favor pessoal, pesquisem sobre geleia de galinha e nunca mais vão depender de produtos da indústria farmacêutica. Faço uso de geleia de pés de galinha há muito tempo, e até minhas unhas ficaram mais bonitos.

    1. Oi Kelvin, tudo bem ? Não estamos apontando costumes de outros países e também não estamos atacando ou condenando pessoas que consomem pé de galinha como fonte de colágeno. O objetivo do artigo é trazer conhecimento para as pessoas que buscam informações sobre o produto colágeno, e tirar dúvidas quanto o consumo de produtos de origem animal.

  2. Gente q absurdo esse artigo, não existe tecnologia melhor q o metabolismo do nosso corpo. O corpo humano é uma máquina perfeita,ele foi feito exatamente para desfrutar de Qualqr coisa q a natureza nos disponha. O pé de galinha tem todos os tipos de colágeno, e SIM nosso corpo consegue absorve tudo. Até porque gostaria de saber de onde vem esse produto q vende em casulo senão da própria natureza. Q absurdo de artigo…

    1. Oie Willians, tudo bem? Muitas pessoas utilizam alguns alimentos de origem animal para repor o colágeno no corpo, mas sabia que eles não garantem todos os benefícios que um colágeno de qualidade oferece? Pois não são todas as pessoas as quais consegue absorver os nutrientes de todos alimentos, por diversos motivos, tanto de saúde ou uma dieta não balanceada. O consumo de colágeno também é importante para a reposição e manutenção de proteinase no corpo. Então, sim, é possível o corpo humano não absorver todos os nutrientes, e necessitar de alternativas fora da “natureza” =)

  3. Boa tarde!
    Obviamente que comer pés de galinha todos os dias não dá. Porém existe a geleia de pé de galinha que é feita com os pés, curcuma (açafrão da terra) e cebola com a casca e sal para conservar.
    Juntos, estes ingredientes tem o colágeno e efeitos anti-inflamatórios.
    Procurem no google que vocês vão encontrar a receita com a Drª Gisela (nutricionista) e também na Canção Nova.

    1. Oie, tudo bem? Muitas pessoas utilizam alguns alimentos de origem animal para repor o colágeno no corpo, mas sabia que eles não garantem todos os benefícios que um colágeno de qualidade oferece? Mesmo se misturados com outros ingredientes. =)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.