Ômega 3: remédio ou suplemento? Você já deve ter ouvido falar nesse nutriente, mas agora vamos te explicar mais sobre ele. Veja aqui para que serve, quem pode tomar e quando se deve tomar ômega 3.

Ômega 3 o que é?

O ômega 3 é uma gordura, considerada um ácido graxo poli-insaturado essencial. Como apenas algumas bactérias, animais microscópicos e plantas conseguem produzir ômega 3, nós, seres humanos, precisamos consumi-lo para obter seus benefícios. 

Dessa forma, o ômega 3 pode ser encontrado em alimentos de origem animal, como peixes, ou de origem vegetal, como sementes de chia e linhaça.

Ômega 3 é remédio?

Antes de mais nada, é importante saber que ômega 3 não é remédio, é um nutriente essencial para nós. Remédio é um medicamento, é aquilo que você toma quando está doente e o médico te recomenda para curar ou amenizar alguma enfermidade. O ômega 3 é uma gordura essencial ao corpo, ou seja, precisamos dele para que nosso organismo realize diversas funções.

Então, o ômega deve estar presente no dia a dia, sendo consumido por meio de alimentos ou suplementos para que ele possa fazer seu papel no organismo. 

Ômega 3 fontes?

É possível consumir Ômega 3 de duas maneiras, por meio da alimentação ou de suplementação. É possível ingerir o ômega 3 apenas através de alimentos, mas essa tarefa é mais difícil, pois os alimentos ricos nessa gordura não fazem parte da dieta diária da maioria dos brasileiros.

Por exemplo, as maiores fontes de ômega 3 são: salmão com pele, sardinha em óleo, bacalhau cru, atum enlatado, sementes de chia e nozes. Alimentos que não estamos acostumados a comer com frequência. 

A quantidade mínima recomendada de ômega 3 é de 500 mg por dia, mas para conseguirmos todos os benefícios, de forma completa, é necessária a ingestão de 1000 a 2000 mg diariamente.

Para alcançarmos  essa quantidade diária de ômega 3, é necessário comer pelo menos um filé de peixe por dia, o que, no Brasil não é comum para a maior parte das pessoas. Então, a suplementação é o mais adequado, pois com ela, asseguramos que estamos tomando a dose fundamental dessa gordura por dia.

Para que serve ômega 3?

Como já falamos, o ômega 3 exerce várias funções importantes dentro do corpo, por exemplo: atua na memória, no sistema nervoso, na prevenção de doenças, ajuda na gestação, entre outras, confira os principais: 

Benefícios do ômega 3 na memória

Esse talvez seja o benefício mais conhecido do ômega 3, ele é um ótimo aliado para quem quer fortalecer a memória e o raciocínio. Esse nutriente protege e fortalece as células do sistema nervoso, por isso vai aumentar a memória, a capacidade do raciocínio e estimula a aprendizagem. 

Por esse motivo é ótimo para idosos, que ao longo do tempo vão sofrendo com a redução dessas capacidades e para crianças, que estão desenvolvendo o sistema nervoso. 

Benefícios do ômega 3 no coração

Estudos mostram que homens que comem peixe uma vez por dia tem menos chance de ter veias entupidas do que homens que não comem. O ômega 3 também diminui os riscos de infarto em homens e mulheres.

E além de prevenir infartos, o ômega 3 reduz, em cerca de 10%, as chances de morte súbita por conta de infartos. Também diminui o risco de formação de placa nas artérias, diminui o nível de colesterol LDL, o colesterol ruim para o corpo e diminui a pressão sanguínea. 

Então, o uso de ômega 3 para cuidar da saúde do seu coração é uma opção muito interessante e vale ressaltar que o American Heart Association (AHA) recomenda o consumo desse nutriente para prevenção e tratamento de doenças relacionadas ao coração.

Benefícios do ômega 3 na gestação

O ômega 3 tem um papel importante na gestação, mas antes dela também, um estudo foi realizado pelo Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, em 2016, com mulheres em idade reprodutiva (entre 28-34 anos).

Nesse estudo, uma parte das mulheres tomou suplementos de ômega 3, e outra parte não. No final, os resultados mostraram um aumento significativo na fertilidade daquelas que tomaram ômega 3 em relação àquelas que não ingeriram o suplemento. 

E já durante a gravidez, o ômega 3 reduz dores e complicações no parto e traz benefícios para o bebê, ajuda na formação do sistema nervoso da criança e reduz o risco de baixo peso ao nascer. 

Então, para você, que quer engravidar ou já está esperando seu neném, o ômega 3 vai ser um ótimo aliado nesse momento!

Benefícios do ômega 3 na depressão

O ômega 3 atua fortemente no sistema nervoso e auxilia a produção de hormônios que promovem o bem-estar, como serotonina e dopamina.

Pessoas com depressão têm baixos níveis desses hormônios. Então, o ômega 3 ajuda a prevenir e, também, atua no tratamento de doenças e problemas relacionados à emoções, como depressão e ansiedade. 

Viu como o ômega 3 tem funções importantes para nosso organismo? Então, lembre-se que não é um remédio, sim um nutriente essencial que deve fazer parte do dia a dia de todos.

Quer saber mais?

Que tal um desconto especial para experimentar um ômega 3 de altíssima qualidade?

Referências:

KRIS-ETHERTON, Penny M.; HARRIS, William S.; APPEL, Lawrence J. Fish consumption, fish oil, omega-3 fatty acids, and cardiovascular disease. circulation, v. 106, n. 21, p. 2747-2757, 2002.

Costantini L, Molinari R, Farinon B, Merendino N. Impact of Omega-3 Fatty Acids on the Gut MicrobiotaInt J Mol Sci. 2017;18(12):2645. Published 2017 Dec 7.

AL-SAFI, Zain A. et al. Omega-3 fatty acid supplementation lowers serum FSH in normal weight but not obese women. The Journal of Clinical Endocrinology, v. 101, n. 1, p. 324-333, 2016.

JAIN, A. P.; AGGARWAL, K. K.; ZHANG, P. Y. Omega-3 fatty acids and cardiovascular disease. Eur Rev Med Pharmacol Sci, v. 19, n. 3, p. 441-5, 2015.